Mais abate de suínos e bovinos em 2018

Mais abate de suínos e bovinos em 2018

Abate de suínos e bovinos cresce em 2018 e o mês de setembro começou animador para os criadores de bovinos e suínos em todo o Brasil.

Uma publicação do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), recém divulgada, mostrou que no segundo trimestre deste ano o abate de suínos e bovinos abatidos chegou a 7,72 milhões de bois e 10,82 milhões de porcos abatidos, sendo uma alta de 4% e 1,9%, respectivamente.

 

abate de suinos e bovinos
O mercado de carne vem se recuperando após a crise de 2017.

 

Pesquisa sobre abate de suínos e bovinos é animador

 

Os índices de abate de bovinos, de acordo com o IBGE, representam uma recuperação em relação aos dois últimos anos, o mais próximo quando comparado a 2015, quando foram abatidos 7,74 milhões de animais no mesmo período.

A alta, de 323,46 mil cabeças frente ao primeiro trimestre de 2017, foi impulsionada por aumentos em 17 das 27 unidades da federação, com destaque para os estados de São Paulo e Mato Grosso, conforme noticiou o portal Valor Econômico.

Outro destaque do portal foi em relação ao número de suínos abatidos no período. Mais de 10.700 milhões de cabeças de suínos passaram pelos frigoríficos atingindo um crescimento de 2,3% frente ao mesmo período do ano passado.

Neste caso, o abate de 236,44 mil cabeças de suínos a mais no primeiro trimestre, em relação a igual período do ano anterior, foi impulsionado por aumentos no abate em 14 das 25 unidades da federação. Os Estados do Paraná, Mato Grosso do Sul e São Paulo foram os que mais movimentaram esse momento.

 

Acesse nossa reportagem especial sobre produção de leite – Produzir leite vale a pena 

 

Outros indicadores no abate se suínos e bovinos

 

A pesquisa sobre abate de suínos e bovinos do IBGE apontou ainda outro indicador durante o mesmo período, foi em relação à produção de ovos de galinha que obteve um crescimento de 6,6% em relação ao mesmo período de 2017.

Em relação ao abate de frangos houve uma queda de 4% no mesmo período, que de acordo com o IBGE, se deu por conta da greve dos caminhoneiros que aconteceu este ano e causou grande impacto econômico e logístico em todo o País.

Em relação ao primeiro trimestre, outro indicativo foi em relação à aquisição de leite cru. Foi constatada uma queda de 3.2% no mesmo período e sobre a produção de couro foi estável, sem divulgação de índices.

 

Acesse nossa reportagem especial sobre Dicas para Criar porcos  

 

Dicas Agrocampo Giordani

Essas e outras notícias podem ser acompanhadas semanalmente no nosso Blog Agrocampo Giordani. Conheça ainda nossa ampla linha de produtos agropecuários disponível no site  www.agrocampogiordani.com.br

Tags:

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *